Disney, dos sonhos às estratégias

Depois de perder o topo para Universal Pictures e para Relativity Media, diante o sucesso de Espelho Espelho Meu e Branca de Neve e o Caçador, a Disney retorna a liderança com a estratégia de recriar versões antigas de animação de seus filmes. Essa estratégia baseia-se no Live-Action, onde os personagens, que antes eram representados como desenhos, agora são retratados como personagens reais.

Pode-se dizer que foi um investimento certeiro, devido, principalmente, ao sucesso das bilheterias e o acúmulo de verba aos cofres do estúdio. Em 2010, o Live-Action de Alice no País das Maravilhas arrecadou mais de um bilhão de dólares nas bilheterias. Já Malévola, lançado em 2014, proporcionou cerca de US$ 750 milhões.

                MALÉVOLA     ALICE

Há vários projetos da Disney embasados no surgimento de novas adaptações, entre elas estão: a segunda parte de “Alice no País das Maravilhas”, “A Bela e a Fera”, “Mogli – O Menino Lobo” e “Dumbo” os quais também deverão atingir tremendo sucesso.

A Disney, empresa multinacional estadunidense de mídia e entretenimento, fez-se presente no nosso cotidiano diante de toda a vida. Quem nunca sonhou em ser um super-herói ou uma princesa? Ou melhor, quem nunca teve medo de um vilão ou queria um final tão feliz quanto o daquelas envolventes histórias?

               tumblr_m6jxmaJ3cA1qm6oc3o1_500 tumblr_mn3gqfZsuK1soni85o1_500

Não pense que tais feitos, proporcionadores da imensidão de tal empresa, ocorreram ao acaso, muito pelo contrário, por detrás do mundo maravilhoso de magia e fantasia há uma estratégia de marketing extraordinária, o Branded Content.

Sabe-se que no decorrer dos anos o perfil do consumidor vem mudado constantemente. Ele não quer mais simplesmente saber do produto ou do que ele proporcionará, ele quer ir além e se sentir parte daquilo. E essa é a nova proposta publicitária, criar meios culturais e participativos entre empresa e cliente.

O Branded Content trata-se de uma ferramenta de marketing, com iniciativa da própria marca, que produz e distribuí o conteúdo de entretenimento de uma forma mais leve, tornando seu público mais envolvido diante da mensagem. Esse mecanismo não tem como objetivo inicial a venda por si só, seu enfoque é agregar o consumidor a marca e aos seus valores, aproximando-os de seu conteúdo por muitos e muitos anos.

É por isso que temos facilidade de nos identificarmos com as histórias e os personagens tratados nos filmes, já que muitas vezes esses se aproximam da realidade em que vivemos ou dos sonhos que pretendemos alcançar.

original

Mas não é só a Disney que teve a genialidade de usufruir dessa estratégia de Marketing. Outras empresas foram consagradas graças a tal artifício.

Dove
Em 2013, a empresa criou uma história baseada em um retrato falado, em como a pessoa se via e como os outros a viam. O sucesso fora estrondoso (o vídeo atingiu 163 milhões de views em dois meses) já que a campanha transparecia valores humanos de uma maneira original e autentica, aproximando seu público com o produto.

Red Bull
 A Red Bull investe cada vez mais em uma forma de conteúdo contectada, inovadora e engajada. O objetivo principal fora alcançado, superar a visão de “uma simples marca de energéticos” e alcançar uma forma de estilo de vida.

As estratégias utilizadas pela mesma são relacionadas à criação de um conteúdo único que fascina e conquista seu público através de valores disseminados em suas campanhas.

O vídeo acima retrata o salto de paraquedas iniciado na estratosfera, realizado por Felix Baumgartner, austríaco. Felix bateu diversos recordes, entre eles: ultrapassar a velocidade do som e o vídeo do Youtube com maiores visualizações simultâneas (8 milhões de visualizações em seu pico). O vídeo até agora atingiu 5.586.014 views.

Coca Cola

O sucesso estrondoso da empresa é nítido, alcançando outras categorias além do ramo das bebidas.

A nova forma de comunicação tem como enfoque o compartilhamento de histórias humanas, aproximando pessoas de todo o mundo. Outra forma de publicidade que deu certo foi a do nome das pessoas nas latinhas, proporcionando um sentimento de participação do consumidor diante do produto.

COCA

No mundo competitivo das grandes empresas, sabe-se que toda forma de inovação é um risco, entretanto, essas técnicas vem gerando bons frutos e muito crescimento para essas marcas.

Outro método utilizado pela Disney em seus trabalhos é o Storytelling, ou seja, a arte de contar histórias. Essa arte é exclusiva ao universo humano fazendo parte do contexto das pessoas desde o seu nascimento. Uma história, quando é boa, merece ser compartilhada e, é através dessa forma de pensamento que as pessoas são amplamente impactadas.

Isso é nítido quando vemos a repercussão que um filme pode causar. O indivíduo, ao se identificar com determinado conto sente a necessidade de aproximar-se cada vez mais daquilo e o principal método para tal é o consumo. Seja de personagens, roupas, brinquedos, músicas ou até mesmo visitas ao parque e aplicativos no celular, o ser humano sente-se mais “completo” ao afirmar por intermédio de produtos que compartilha ou compreende aquele ideal divulgado nas telas.

giphy

É através da engenhosidade promovida pela Disney que ela alcança um dos maiores patamares empresariais do âmbito mundial. Extraordinário, não é?

titanic

Fontes para referência:

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s