O YouTube e a informação através de vlogs

O YouTube sempre teve papel importante entre as mídias. Usado para informação e entretenimento em forma visual (vídeos longos ou curtos) o site sempre foi uma rede social de peso. Seja para a divulgação de artistas, filmes, o modo prático de em apenas um clique se manter informado de maneira rápida e muita das vezes divertida, acaba conquistando um público imenso.

De uns tempos para cá, essa facilidade encontrada nos vídeos, fizeram muitos blogs adotarem a plataforma. Como assim? A informação que antes era feita em forma de texto, agora é transmitida de uma maneira mais prática: em vídeo. Assim temos os vlogueiros; pessoas que, com uma câmera e uma infinidade de assuntos aleatórios, acabaram por conquistar vários views e uma legião de internautas interessados no que eles têm a dizer.

No Brasil, os vlogs de maior sucesso, na maioria das vezes, são aqueles com temas humorísticos. Não precisa ser a coisa mais elaborada e engraçada do mundo: apenas alguém com um conteúdo que interessa (geralmente algo que as pessoas se identificam).

Um dos primeiros vlogs a estourar de verdade no país foi o Não Faz Sentido!. Felipe Neto, o autor do canal, pegava situações corriqueiras ou notícias do momento e postava vídeos onde ele expressava sua opinião acerca do assunto. A importância da identificação com aquilo que a pessoa fala é extremamente válida, já que isso foi uma das coisas que fez um de seus vídeos ficar tão famoso. Nele, Felipe fazia sua crítica, de maneira extrovertida e única, sobre o filme adolescente daquele momento: Crepúsculo.

Por conta do grande sucesso acerca do filme, o vídeo alcançou um número de views imenso, e hoje, após quatro anos do update, o mesmo contém mais de 14 milhões de visualizações.

Pc Siqueira, com o canal Mas Poxa Vida, também ganhou notoriedade na mesma época em que Felipe Neto. Seu vlog seguia a mesma linha de pensamento do Não Faz Sentido e os temas abordados eram sempre explorados de acordo com sua opinião – na maioria das vezes ríspida e negativa – sobre o assunto.

Os vlogs foram ganhando tanta força que hoje a variedade dos mesmos é imensa. Qualquer pessoa que tenha algo a expressar pode criar, compartilhar e, quem sabe, viralizar o conteúdo.

Todo esse sucesso ultrapassou as barreiras da plataforma do YouTube e se transformou em algo mais do que um hobbie ou fornecer entretimento as pessoas. Atualmente podemos ver os donos dos vlogs atingindo públicos fora da rede social. Um exemplo claro disso seria a dona do vlog 5inco Minutos, Kéfera. A menina que começou apenas explorando a mídia social hoje em dia já tem um longo currículo graças ao vlog, que vai de apresentadora de programa para dois canais consagrados até mesmo uma própria peça rodando o país inteiro.

Além desse universo teatral e da televisão, alguns vlogueiros apostaram na publicação de livros, dublagens e até mesmo em lançamento de produtos de beleza. E cada vez mais é comum esse tipo de migração e expansão.

Os vlogs em si tornaram-se um meio de comunicação forte e influente, pois no final das contas as pessoas gostam de ver aquilo com que possam além de se divertir, se identificar.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s