Carreta Furacão e Cultura da Convergência

Você já deve ter visto várias fotos e vídeos de personagens da Disney e da Marvel fazendo coisas muito loucas. Sem contar os milhares de gifs que mostram o Fofão subindo num muro ou o Popeye sendo atropelado por uma bicicleta (e não era o Brutus que estava pedalando). Trata-se do mais novo fenômeno da Internet: Carreta Furacão (Hurricane Truck – para os fãs internacionais).

FB_IMG_1459766815697.jpg

Vamos para Ribeirão Preto (little black river), interior de São Paulo. A cidade que está localizada a 290 km da capital tem um costume um tanto curioso para as outras cidades interioranas do Brasil. Lá nós encontramos uma verdadeira organização de entretenimento infantil: a Associação de Trenzinhos de Ribeirão, a única do país.

anigif_original-grid-image-26964-1461086872-6

Mas pera lá: como uma cidade cercada pelas maiores fazendas produtoras de cana do país tem sua própria organização de trenzinhos luminosos tocando pancadão? Tradição, meu caro. Um “evento” com mais de 30 anos de história, que acontece todos os dias em Ribeirão (todos os dias mesmo).  Você já deve ter visto esses trenzinhos em cidades litorâneas durante as férias ou em algumas cidades do interior do Brasil.

Tá, mas por que estamos falando de trenzinhos? Porque a capacidade criativa do brasileiro não tem limites! Resgataram um vídeo postado em 2010, com várias pessoas vestidas de personagens famosos do mundo televisivo (especialmente para crianças), Fofão, Popeye, Mickey, Capitão América e até um palhaço entrou no meio de gruja. A partir daí a Carreta Furacão viralizou na internet, se transformando em atração de programas televisivos, participaram do protesto organizado pelo MBL na Avenida Paulista durante a votação do impeachment, viraram aplicativos para smartphone, brinquedos infantis, memes etc.

Mas vamos do princípio:

Tudo começou com o vídeo acima, onde eles dançam a música do Mestiço.  “Siga em frente, olhe para o lado, se liga no mestiço na batida do cavaco”, que é  samba, mas fala de reggae, Bob Marley e até Sigmund Freud! Tudo perfeito, tudo o que queremos para uma explosão sem sentido de imagens de bonecos dançando uma música que ninguém nunca tinha ouvido!  O autor da música, Leandro Lehart ligou para o proprietário da Carreta agradecendo a divulgação. 

(Reparem no Capitão América) Só mais um motivo para ser #teamironman! E o balde?

como-passar-o-melhor-trote-por-telefone

Ok, mas isso foi em 2010, por que o sucesso só agora? Você que pensa! No mesmo ano, o programa Pânico fez uma entrevista com os donos da carreta, dando os famosos 15 minutos de fama que todos desejam.

Além disso eles participaram do programa da Eliana e do programa Qual o seu Talento do SBT.

Mas o céu não é o limite e nem sempre chegamos lá pelos melhores caminhos. A maneira como a Carreta Furacão voltou aos holofotes não foi das mais simpáticas, mas deu certo!

carreta.jpg

Um post de 2011 que faria inveja em qualquer roteirista de novela mexicana foi resgatado das profundezas da internet e despertou a curiosidade das pessoas

É aquela carreta dos bonequinhos rebolando com a música do mestiço? E tem outras carretas? E elas brigam quando se encontram?

chocado

Pronto! Nada melhor que um barraco pra aguçar a curiosidade das pessoas. A Carreta Furacão atingiu em cheio a Cibercultura e caiu no gosto popular, principalmente pela propagação dos memes e gifs.

FB_IMG_1460375710699.jpg

Sem contar que na Cultura da Convergência, qualquer assunto acaba sendo relacionado com a Carreta Furacão. Passando pela ameaça de ataque do Estado Islâmico ao Brasil…

tumblr_inline_o5qnpedkmd1ri5r28_500

Ao filme Mad Max – Estrada da Fúria…

Mad Max Carreta Furacao

E ESSE TRAILER DE CAPITÃO AMÉRICA – GUERRA CIVIL ??????? Isso é super produção de nivel Hollywoodiano, minha gente! Como não amar o HUE BR? Impossível! #brasileiros ❤ hahahaha

Brinquedos infantis? TEMOS TAMBÉM!

carreta furacão.jpg

E até história em quadrinhos (hahaha!)

FB_IMG_1459766041270.jpg

Além disso conteúdos “sérios” foram mais inspirados na saga do Carreta Furacão. Um documentário, como trabalho de conclusão de curso (TCC) de quatro estudantes de Audiovisual, do Centro Universitário Senac em São Paulo, tem como principal objetivo mostrar a história real desse mercado e dos artistas por trás das fantasias. Carreta furacão não entrou na produção, mas outros 5 trenzinhos são retratados no trabalho.

Com o nome de “Rebolão! Mas sua irmã gosta”, o documentário já tem até trailer e está em fase final de edição, com lançamento previsto para esse ano ainda. Detalhe, eles foram aprovados com nota 10!!!

O site de cultura e comportamento Risca Faca fez uma reportagem sobre o mundo dos trenzinhos de Ribeirão Preto.  Eles entrevistaram André Luiz “Sheyck”, o Fofão de um dos trenzinhos. “Tem que fazer por merecer pra ser o Fofão”. Está na linhagem, no sangue, infelizmente o desejo de ser o maior astro dos muros de Ribeirão não está ao alcance de reles seres humanos.

22181449389530

Um outro site fez uma lista de motivos que ~provam~ que a Carreta Furacão é maior que os Beatles! hahahahahah

Sem contar os aplicativos para smartphones, com o Carreta Furacão – The Legend, que já foi baixado mais de 100 mil vezes.

13000162_1732847337000257_3540674398539529857_n

E abaixo uma aventura solo do Fofão onde ele percorre a cidade atrás da Carreta Furação enquanto desvia de vários obstáculos.

giphy

Podemos perceber que a criatividade do brasileiro aliada à internet e a popularização de recursos tecnológicos (câmeras, editores de imagens, canais de divulgação do conteúdo) potencializou o alcance desse fenômeno. A Cibercultura, com a liberação do polo emissor e a conexão em rede, e a Cultura da Convergência, com a cultura participativa explicam esse comportamento.

Estes princípios nos mostra que, com a internet, produzir e compartilhar conteúdos e informações virou uma realidade recorrente na vida dos indivíduos. O público encara a internet como um veículo para ações coletivas. Ocorre uma mudança na forma como as pessoas interagem umas com as outras e com os conteúdos direcionados fazendo com que o papel de produtor e de consumidor se altere e migre das grandes corporações para vários indivíduos.

Simplificando: Com a ajuda da tecnologia, qualquer um hoje em dia pode produzir e distribuir conteúdo pela internet de uma maneira muito mais fácil e democrática do que era feito antigamente.

Para quem quiser seguir o sonho de ser um dançarino das carretas, o site Buzzfeed fez uma pequena lista de passos de dança para seguir e TENTAR chegar ao nível dos originais.

 

250px-carreta_furacc3a3o

(O capitão não foi o mesmo depois de Guerra Civil)

Viu mais algum exemplo que a gente não colocou aqui? Mande o link pra gente nos comentários abaixo:

Texto: Caio Amaral
Capa: Thiago Lage e Vinicius Silva

Fontes:
Buzzfeed – Passinhos que você precisa aprender para entrar na Carreta Furacão
Buzzfeed – 30 fatos que talvez você não saiba sobre a Carreta Furacão
Risca Faca – Um trenzinho de doido
Jesus Manero – 7 momentos provando que a Carreta Furacão é maior do que os Beatles

 

 

 

Anúncios

Um comentário sobre “Carreta Furacão e Cultura da Convergência

  1. Cara, tem o primeiro grande mashup da carreta que foi esse popular vídeo deles dançando com uma música (na época) recém lançada dos Strokes. Teve gringo achando que era o clipe de verdade

    Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s