As Celebridades das nossas Redes

Imagine que o seu filho de 10 anos cria um canal no Youtube e quando você percebe ele tem mais visualizações que a os canais da Madonna e da Beyoncé juntos. O universo midiático construído pelos grandes grupos de comunicação (Hollywood e cia) cada vez mais vão se deparando com a “concorrência” de pessoas comuns. O seu vizinho pode ser uma grande celebridade nas redes sociais sem você nem se dar conta.

giphy.gif

O mundo do Broadcast foi invadido e começamos a perceber que as celebridades não são mais tão hegemônicas como já foram um dia. Quais são as referências dos jovens e dos adolescentes de hoje? Quem são os seus ícones? Se essa pergunta fosse feita há uns 10 anos, muito provavelmente, teríamos uma grande maioria elegendo as mesmas pessoas. Vivíamos num período dominado por um número reduzido de artistas/celebridades de renome mundial, onde poucos tinham oportunidade de mostrar seu talento por isso perduravam por mais tempo nas listas de sucesso.

giphy (2).gif

O que se percebe hoje são celebridades mais segmentadas, muitas vezes desconhecidas da população em geral, mas que possuem uma legião de fãs e causam um grande alvoroço nas redes sociais. Um exemplo disso é o canal Evan Tube HD que está se aproximando de 2 bilhões de visualizações e conta com milhões de inscritos. Nele o Evan, uma criança de 10 anos de idade, faz semanalmente reviews de seus games e brinquedos favoritos.

maxresdefault.jpg

Comparando o canal do Evan com os canais da Madonna e da Beyoncé, temos os seguintes números:

MADONNAVEVO Beyoncé

EvanTubeHD

Criação do Canal

2009

2005

2011

Inscritos

805.432

2.217.464

2.687.167

Vídeos

15

174

441

Visualizações

290.119.506

565.609.878

1.845.663.975

Repare que em termos de acesso e número de inscritos, o EvanTubeHD saiu do anonimato para superar celebridades com anos de carreira e que contam com uma legião de fãs espalhados por todas as partes do planeta.

Percebe-se que o desenvolvimento tecnológico e o barateamento das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) permitiram que qualquer indivíduo se transformasse num produtor de conteúdo. O acesso a essas tecnologias permite o advento do pro-am, conceito que diz respeito a colaboração entre profissionais e amadores em um determinado projeto.

O resultado disso pode ser visualizado hoje na imensidão de Digital Influencers que temos no ciberespaço. O termo se refere aquelas pessoas que se destacam nas redes sociais e que possuem a capacidade de mobilizar um grande número de seguidores, pautando opiniões e comportamentos e até mesmo criando conteúdos que sejam exclusivos. A exposição de seus estilos de vida, experiências, opiniões e gostos acabam tendo uma grande repercussão em determinados assuntos. Dentre a multidão de indivíduos que exercem esse papel ultimamente, podemos destacar: Thaynara Gomes, Gabriela Pugliesi, Thassia Naves, Helena Bordon, Nah Cardoso e Kéfera.

thaynaraog  thassia.jpg

giphy (5).gif

ABAIXO OS PADRÕES

Já não temos um modelo padrão que serve de referência para todos os momentos da nossa vida. O que se tem hoje são pessoas “especialistas” em diferentes áreas, as quais consultamos ou consumimos seu conteúdo de acordo com a necessidade.

A verdade é que os padrões estão caindo. O Jornal Nacional já não é “o” local onde nos informamos sobre as principais notícias do dia, as revistas de moda já não ditam tendências como antes, a nossa playlist possui diferentes bandas e estilos, todos eles misturados e sem nenhuma lógica musical por trás dessas escolhas.

Um exemplo desse choque pode ser percebido nos eventos posteriores ao falecimento do cantor sertanejo Cristiano Araújo. O jornalista Zeca Camargo fez uma crônica sobre o acontecimento, veiculada no Jornal das Dez da Globo News, onde ele se estranhava a comoção nacional em torno da tragédia, pois o Cristiano Araújo era, ao mesmo tempo, “tão famoso e tão desconhecido”. Apesar de não passar pelo radar da grande mídia, o cantor sertanejo possuía uma legião de fãs no ambiente virtual.

giphy (1).gif

Os algoritmos que regem o Google e as redes sociais também auxiliam nesse processo. De acordo com seu histórico e o perfil dos sites visitados no seu computador o resultado da sua busca vai ser diferente daquela realizada por um amigo digitando a mesma coisa. O jornalista Eli Parisier desenvolveu o termo “filtro-bolha” para explicar o que acontece quando não somos expostos à informações que poderiam ampliar a nossa visão de mundo.

A NOVA IDENTIDADE

Apesar do conceito não ser unânime entre os pesquisadores da área, podemos identificar algumas características principais (Francisco Gracioso, no artigo  Espetáculo e Comunicação: um casamento pós-moderno):

13236225_10157163073640556_1834161031_n

 

Nesse sentido as redes sociais funcionam como extensões para a nossa personalidade. O conteúdo que compartilhamos no Facebook não é o mesmo que postamos no Instagram, assim como também são diferentes os vídeos que criamos para o Snapchat. O seu eu virtual, e porquê não a sua personalidade, acabam aprisionados nesse padrão estabelecido por um aplicativo ou pelo público com o qual vamos interagir.

giphy (4).gif

O mundo alicerçado nas celebridades mundiais vai sendo invadido por pessoas comuns que possuem um certo domínio das ferramentas de comunicação. Nesse sentido surgem Digital Influencers. Assim como ele existem milhares de exemplos em diferentes áreas, como moda, entretenimento, games, culinária, etc.

Assim, nesse sentido essas extensões do corpo amplificam o alcance dos nossos sentidos possibilitando um crescimento da nossa consciência, seja ele espiritual ou intelectual, em áreas que até então não conseguiam espaço no Broadcast tradicional. De certa forma assistimos a criação de diferentes realidades no universo digital, onde em alguns momentos elas se cruzam e em outros se situam a galáxias de distâncias.

E você, já está conectado às tendências digitais?

giphy (3).gif

Texto: Felipe Tessarolo
Capa: Vinícius e Thiago

Para saber mais:

NCD FAESA: A geração dos garotos legais “cool kids”

Na internet quando todos forem super, ninguém será super

Não somos um gadget nem uma rede social

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s