Estratégia Kardashian: um case de sucesso.

O famoso reality show americano Keeping Up With The Kardashians é hoje um membro consolidado da cultura pop do mundo todo. O carro chefe do canal E! já está em sua 12ª edição e, mesmo com sua genuinidade questionável, continua fazendo admiradores em todo o globo. Mas afinal, o que transformou um reality show em uma máquina de fazer dinheiro?

Kim Kardashian se tornou a protagonista de um dos maiores reality shows da tv americana, que conta história da sua grande e polêmica família. A garota possui quatro boutiques chamadas Dash, em parceria com suas irmãs Khloe Kardashian e Kourtney Kardashian, lançou um livro (de selfies!!!), um jogo e uma série de aplicativos de celular junto de suas famosas irmãs, e está na lista da Forbes entre as pessoas mais bem pagas do mundo.

 

Para explicar como se deu o surgimento da nossa protagonista, voltemos um pouco aos anos 90: 1994 foi o ano em que o famoso jogador de futebol americano OJ Simpson foi acusado de assinar sua mulher, e a primeira vez que o nome Kardashian chegou a mídia. Robert Kardashian (Pai de Kim) foi o advogado de defesa de OJ e nesse julgamento todas as meninas da família Kardashian (nascidas até a época) compareceram para acompanhar o drama de perto. O gosto pelas câmeras começou cedo (rs).

giphy8

 

Assessorada pela mãe, Kris Jenner, que também é empresaria de toda a família, Kim começou a trabalhar nas empresas do pai desde cedo. Mais tarde, seguiu carreira de Personal Shopping e Personal Styling, tendo grandes nomes da cena noturna hollywoodiana  como clientes, como por exemplo Lindsay Lohan e a socialite Paris Hilton.

Em 2007, uma sextape caseira da Kardashian começou a circular por toda a internet, assim como já havia acontecido com sua amiga Paris Hilton, porém, Kim fez do momento mais vergonhoso de sua vida, o pontapé para transformar seus 15 minutos de fama no início de uma carreira bem sucedida

giphy (3).gif

Com um dos realitys shows mais rentáveis da televisão, Kim elevou o sobrenome da sua família ao patamar de marca e se tornou a resposta involuntária do que é fazer empreendedorismo inteligente no século XXI. Ela e sua família são um exemplo de que é possível fazer muito dinheiro com as redes sociais. Kim fez delas a principal ferramenta de manutenção de seu império. A moça tem 71 milhões de seguidores no instagram, 46 milhões no twitter, um dos snapchats mais seguidos do mundo e possui um poder de influência enorme na internet. 

Sua “momanager” (junção das palavras mom [mãe] e manager [empresária])  –  apelido carinhoso que Kim deu para Kris Jenner) é a responsavél por trás de todo o sucesso. A mãe do Clã Kardashian é gerencia a carreira das cinco filhas. 

É possivel que, sem Kris Jenner, Kendall não tivesse se tornado uma das modelos mais bem pagas do mundo, Kourtney e Khloe poderiam não ter o mesmo sucesso com suas lojas de varejo, linhas de beleza ou publiposts no instagram. Kylie talvez não tivesse se tornado a celebridade mais seguida do snapchat, ou Kim não teria se tornado uma rainha das nudes Selfies.

De uma coisa podemos ter certeza: cada passo dessas meninas é milimetricamente calculado por Kris. Ninguém em sua família sabia o que estavam fazendo até ela assumir o comando. Em recente entrevista ao The New York Times , Kris contou sobre o que a levou a aprender a gerenciar o sucesso de suas filhas: de acordo com ela, “Há um monte de pessoas que têm grandes ideias e grandes sonhos, mas a menos que você esteja disposto a trabalhar muito duro e trabalhar para o que você quer, isso nunca vai acontecer. E é isso que é tão grande sobre as meninas. É tudo sobre sua ética de trabalho.”

As Kardashians entenderam que são uma marca e aprenderam a usar o Buzz Marketing de maneira natural. A estratégia consiste basicamente em se aproveitar de notícias e eventos para fazer com que as pessoas descubrama marca e tornem-se entusiastas da mesma. E é exatamente o que elas fazem de melhor. Uma prova disso são os grandes números referentes a carreira das garotas.

Os números não mentem.

Tudo o que as Kardashians tocam atualmente vira ouro, ou melhor, curtidas, comentários, seguidores, notícias… O que acaba gerando uma grande retorno pra qualquer empresa que vincule sua imagem à da família.

Se antigamente as marcas podiam investir em  anúncios de revistas e outdoor, agora elas procuram um meio de comunicação mais direto e eficaz para divulgar seus produtos: os influenciadores digitais. Se aqui no Brasil contamos com Thaynara Gomes, Gabriela Pugliesi e Youtubers, nos Estados Unidos, com muitos milhões a frente,  quem domina a internet são os perfis das irmãs Kardashian/Jenner. 

Essas meninas fizeram de suas redes sociais um reality show diário. Juntas possuem  304 milhões de seguidores no Twitter, Facebook, e Instagram e fizeram dessas plataformas  o principal meio de produzir conteúdo e audiência. Não dá pra negar que elas sabem vender bem seu estilo de vida e as pessoas amam acompanhar cada detalhe de suas vidas de ostentação e poder através de fotos e vídeos. Os eventos mais badalados do mundo, as maquiagens impecáveis, as roupas luxuosas, ou uma simples foto na sala de casa: as pessoas passaram a absorver qualquer coisa produzida por elas. É uma sede por consumir cada detalhe de um estilo de vida que sonham em ter.

Shot a fun tutorial today with @makeupbymario using only drug store products on my app! Link in bio

A post shared by Kim Kardashian West (@kimkardashian) on

Yummmmm!! I couldn't wait!!! Popeyes on the PJ!!! Cheat day but it's so worth it!!!

A post shared by Khloé (@khloekardashian) on

E um dos motivos para tanto sucesso, é que mesmo com todos os escândalos e a família inteira diante dos holofotes o tempo todo, as garotas conseguiram se manter unidas e capitalizar algo comum ao qual se manteram firmes: o valor da família. 

 

giphy9

 

De acordo com o site americano Page Six , as irmãs faturam $400,000 dólares por publipost. SIM, 400 MIL DÓLARES por UM post no instagram. Se liga nos númeres de suas redes:

  • Kim (@KimKardashian) hoje ocupa o 6º lugar na lista das pessoas mais seguidas da rede social de fotos.
  • Kylie Jenner (@KylieJenner) na 8º colação com 61K seguidores na instagram e  a conta mais vista do snapchat com mais de 10 milhões de seguidores, sendo, inclusive, presenteada pelos donos da plataforma como forma de parabeniza-la pelo feito inédito no aplicativo.
  • Kendall Jenner (@KendallJenner), que possui a segunda foto mais curtida do instagram (ultrapassada há apenas algumas semanas), está na 10º com 57K
  • Khloe Kardashian (@khloekardashian)  na 15º posição com 49K
  •  Kourtney Kardashian (@KourtneyKardash) na 20º com 40K.

 

kylie

 

Entendendo o sucesso das Kardashians e o desejo de seu público  pelo lifestyle da família, a empresa Glu Mobile, desenvolvedora de jogos/aplicativos para telefones móveis, em parceria com Kim, resolveu criar o jogo “Kim Kardashian: Hollywood Game, que consiste em basicamente ter uma rotina igual a da família, indo a eventos, fazendo sessões de fotos e viajando o mundo. O jogo obteve um êxito  inesperado e, mesmo gratuito, rendeu US$ 100 milhões em seus primeiros cinco meses e um total de US$ 200 milhões em um ano, apenas por compras dentro do aplicativo, se tornando um dos jogos mais baixados da App Store e competindo com grandes nomes do seguimento como Angry Birds e Candy Crush. 

 

Kim-Kardashian2

kim_kardashian_hollywood_1

 

Para deixar seus público ainda mais próximos, cada uma das irmãs Kardashian/Jenner resolveu lançar seu aplicativo individual (pagos), com conteúdos exclusivos da rotina de cada uma, stream ao vivo, dicas de look, maquiagem, culinária, exercícios físicos, etc, e também foi um sucesso.

AAEAAQAAAAAAAAOrAAAAJDRjMmYxYWE0LTk3NzYtNDQ2NS04ZTEwLTFmYzNmMjZmYTE4Mg

O estilo de vida da família é tão desejado que pessoas do mundo todo estão dispostas a pagar para não perder absolutamente nada do que se passa no dia a dia das garotas, passando a assistir cada vez mais e por múltiplas plataformas o que as famosas fazem 24h por dia. 

 

Como se não bastasse essa quantidade de apps, Kim, não satisfeitas com os famosos emojis, resolveu desenvolver um kit de emojis inspirado nela mesma, renomeando para Kimoji, o aplicativo foi disponibilizado para download por U$1,99 e chegou a primeiro lugar de vendas em vários lugares do mundo logo nas primeiras horas.

211215-kimoji-kim-kardashian-01

kim

 

Aproveitando o sucesso de sua influência, a rainha das Selfies e  sua equipe resolveram lançar um livro todo de Selfies, chamado de “Selfish”. De acordo com o New York Daily News, o livro possui 300 imagens de todos os anos de sua vida, com imagens exclusivas de suas aventuras pelo mundo e muita, muita selfie.

kimkardashianwestbooksigningselfishjw1xcphxglzl

giphy12

 

E ela não para por aí! Em 2015, Kim e seu marido Kanye West apareceram na lista das 100 celebridade mais influentes do mundo pela revista Time e ,nesse ano, a socialite recebeu um prêmio no Webby Awards (também conhecido como “Oscar da Internet”), intitulado de “Break the Internet Award”,  por ser a pessoa mais bombada da internet. O prêmio faz referência a sua capa para a revista Paper que viralizou no mundo todo.

capa-kim-kardashian-paper-01

“Este premio é entregue como reconhecimento do seu sucesso sem precedentes e da ousadia e criatividade que ela usou na Internet, redes sociais, ‘apps’ e vídeos, para se ligar a uma audiência global”, explicou o organizador do evento. 

E o discurso de agradecimento não poderia ter sido mais a cara dela:

giphy11


Já passamos da fase de achar que as Kardashian são “famosas por serem famosas”. Não se trata mais de uma família boba criando um espetáculo artificial e sim de um fenômeno cultural (gostemos ou não). Essas 5 mulheres – Kim, Khloe, Kourtney, Kendall, Kylie -redefiniram o significado de “ser famoso”. Chega a ser um paradoxo, mas elas criaram um nicho na indústria e se tornaram especialistas no que fazem, não só sobre dinheiro e fama, mas sobre sua inserção definitiva na cultura pop e se tornarem grandes empresárias.

Há pessoas que dizem que Kim Kardashian não tem talento e “só ficou famosa pela sextape”, mas capitalizar a imagem de toda uma família, transformar seu sobrenome em uma marca e se manter quase 9 anos da mídia não é pra qualquer um, né nom?

Talento pra fazer dinheiro nós vimos que ela tem e, independente de aprovar ou não seu estilo de vida, não podemos negar que Kim é hoje uma grande empresária e a dona da internet americana. Parece que Kim Kardashian não quebrou a internet, apenas a entendeu melhor do que você. rs 

Texto: Guilherme Melo.

Capa: Luciano Oliveira.

Leia mais:

http://observador.pt/especiais/kim-kardashian-ganhar-vida-viver/

http://propmark.com.br/mercado/opiniao-celebridades-como-lidar-com-os-novos-canais-em-tecnologia

https://tecnoblog.net/160058/kim-kardashian-hollywood-us-85-milhoes-socialite-americana/

Anúncios

2 comentários sobre “Estratégia Kardashian: um case de sucesso.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s