As marcas e seus multicanais

Vivemos num mundo onde as marcas não podem mais parar de se atualizar. O público e o mundo, em constante transformação, exigem que a empresa se molde ao que se vive por essas pessoas e consiga atingi-las da melhor forma possível.

As empresas devem estar atentas a essas mudanças de comportamento do consumidor, que o leva a fazer compras em lojas físicas ou virtuais, de acordo com o que atende-lo da melhor maneira e traga uma boa experiência com a marca. As lojas virtuais trouxeram uma comodidade e conforto aos clientes, que têm a possibilidade de olhar e olhar de novo até se decidir pela compra.

Recentemente a Natura mostrou que tem buscado o aperfeiçoamento e a inserção em novos canais de venda e surpreendeu os seus clientes. Em nenhum momento pensou em excluir a venda direta feita pelas consultoras, mas quis acrescentar diferentes modos de adquirir um produto da marca, para conquistar novos consumidores e reconquistar aqueles que havia perdido, além de tentar reconquistar sua liderança no mercado de cosméticos no Brasil.

Essa perda pode ser dada pelo imediatismo que vivemos. Às vezes esperar pela consultora, até que ela faça o pedido, ele chegue e aí sim, você o receba, tenha dado um “cansaço” aos consumidores, optando por marcas que você encontra na lojinha perto de casa. Essas mudanças que a marca tem sofrido, motivadas pelas variações no comportamento do cliente, estão dando resultados bem interessantes.

No ano passado, a marca realizou testes de venda em farmácia da linha de produtos Sou. E o resultado foi surpreendente. “Vendemos três vezes mais do que o esperado, o que nos deu a certeza de que podemos seguir com o projeto”, disse João Paulo Ferreira, vice-presidente comercial e de sustentabilidade da empresa, em entrevista exclusiva a EXAME.com.

A parceria feita com uma rede de farmácias deseja ser estendida a todo país até julho, vendendo os produtos da linha Sou de cuidados com os cabelos e com o corpo.

size_810_16_9_natura (1)
Fonte: site da Revista Exame

Outra novidade da marca foi utilizar o instagram como plataforma de venda. É isso mesmo! Em comemoração ao 1 milhão de seguidores no seu perfil de maquiagem, a Natura abriu essa nova maneira de comprar.

O boom no número de seguidores é notado pela presença de conteúdo relevante para esse público que curte maquiagem. Logo, quando insere a venda nessa plataforma, a marca finaliza todo o trabalho: mostra o produto e seu uso e a possibilidade da compra.

nat

Essa inovação foi possível com a parceria da Natura com a startup brasileira Socialbuy, que dá ao perfil a possibilidade de link para compra dos produtos divulgados na rede social.

63

O mais novo meio de vendas da marca são as lojas físicas, coisa que algum tempo atrás não imaginávamos a Natura fazer. A empresa, basicamente, não tinha referência alguma de loja física e demonstrava preferir a venda direta, com seus consultores, num tratamento diferente e personalizado.

Mas nessa fase de renovação da marca, a ideia de um espaço físico se mostrou muito interessante e, assim, sua primeira loja foi inaugurada recentemente no Shopping Morumbi, em São Paulo.

A marca quer gerar um movimento, entrando com lojas nos shoppings, para não perder espaço em relação a suas grandes concorrentes, como a O Boticário, que possui franquias espalhadas por todo o país.

O ambiente traz toda a preocupação ambiental e sustentabilidade que marca já tem como bandeira, tomando cuidado com todos os detalhes de seu design, com iluminação de LED (mais econômica), uso de madeiras recicladas etc.

size_810_16_9_natura
Fonte: site da Revista Exame

Um exemplo inusitado dessa busca por novos canais foi a ação de uma rede de supermercados na Coreia do Sul. A ideia mistura espaço físico com virtual, onde esta novidade, presente no corredor de uma estação de metrô de Seul, traz total acesso ao público, mas os produtos não estão ali, eles ficam em armazéns da rede, prontos para serem entregues na casa dos clientes.

No vídeo abaixo mostra essa ação, se liga:

Outra marca que conseguiu uma relação diferente com seu público foi a Nike. A empresa criou, dentro de seu site, uma ferramenta para que o consumidor personalize o produto a ser comprado da forma que quiser, é o “Feito por você”. Pode colocar nome, bandeira ou brasão de seu time. Entre no site e entenda como é divertido.

Untitled-1

E assim, com toda essas mudanças no comportamento do consumidor, as marcas vão descobrindo novas formulas de tentar atingir o público de maneira única, ou nem tanto assim, mas que tragam uma experiência positiva para seu cliente e buscando a lembrança da empresa na mente no consumidor.

 

Texto: Mikaely Reinholz
Capa: Vinícius Silva

Fontes:

Reinvenção no varejo

Natura nas farmácias

Natura e a venda no instagram

Natura e as lojas físicas

Natura: a loja física e o intuito desse novo canal

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s