Netflix e a estratégia que conquistou o Brasil

O que Xuxa,  Fábio Júnior, Inês Brasil e João Kleber têm em comum? Nós sabemos que você, como bom viciado em séries, já tem a resposta na ponta da língua.

tumblr_lp09sk0rfz1qzbagvo1_500

Pois é. Todos eles já protagonizaram um vídeo promocional maravilhoso para ela, a rainha do streaming mundial, o motivo do atraso nos estudos que você mais respeita, a musa das redes sociais: Netflix.

tumblr_m1a0snbzdy1r619zmo1_500

E se você também ficou pensando “uau, que marketing maravilhoso! Como pensaram nisso?” continua com a gente que vamos falar mais sobre as estratégias dessa gênia do streaming e da produção de conteúdo original.

Usuários no Brasil

A Netflix chegou em terras tupiniquins em 2011 e em apenas três meses de operação, já contava com 309 mil usuários. Apesar de não revelar a quantidade de usuários por território, a empresa se limita a afirmar que possui mais de 40 milhões fora dos EUA.

Aqui no BR, os Xeroque Romes andaram investigando e afirmam que o número de transmissões e autenticações na plataforma estimou que ela ultrapassou a casa dos 6 milhões de clientes no Brasil em 2016. É tanta gente viciada em séries e filmes que, se a Netflix resolvesse abrir uma operadora de TV por assinatura, seria a segunda maior do país! Rainha, né, mores?

O amor à marca

Ok. Ela chegou aqui, cresceu e se estabeleceu. E agora? Bom, não foi à toa, muito menos sem uma estratégia firme e bem posicionada, que a marca se tornou tão grande e querida entre o povo brasileiro.

Uma marca é essencialmente uma promessa da empresa de fornecer uma série específica de atributos, benefícios e serviços uniformes aos compradores. […] Ela pode trazer até seis níveis de significado: atributos, benefícios, valores, cultura, personalidade e usuário. O desafio de estabelecer uma marca é desenvolver profundas associações positivas em relação a ela. (KOTLER apud ENDEAVOR, 2014, p. 9)

Nascida na internet e com presença forte e bastante icônica nas redes sociais, a Netflix investiu nas ferramentas certas para conquistar seu público. O marketing digital, o big data e o inbound marketing são alguns exemplos de caminhos que a empresa soube trilhar muito bem para ser considerada hoje uma Love Brand mundial.

As Love Brands são as marcas “super amadas”.  Diferente das “Top of Minds”, que são aquelas que vêm em primeiro lugar na mente das pessoas, essas marcas chegam a determinar algumas categorias, como por exemplo a Coca-Cola. Muito mais do que um refrigerante, alguns consumidores usam o nome da marca para denominar o produto. Assim como as Havaianas e o Omo, por exemplo.

vvc-dilma-gifs-cover-coracao

Tipo assim, você pergunta ao seu amigo com que roupa ele vai sair e ele responde: “camiseta, bermuda e Havaianas”. Não chinelos ou sandálias, mas Havaianas! Muitas pessoas resumem o calçado ao nome da marca. E esse é só um dos poderes de uma Love Brand. Outros exemplos são a Disney e a Apple.

Para essas marcas, a interação com o consumidor é em tempo real. É uma comunicação de qualidade, que mantém aberto o diálogo e a troca de ideias. O objetivo é ter um relacionamento fiel e eficiente com seu público e se fazer presente em todos os momentos de sua vida.

Adaptação ao HUE BR

Mas não é fácil assim como você pode estar pensando ser uma marca tão querida pelos consumidores. Como já dizia Milton Nascimento, é preciso ter manha, é preciso ter graça, é preciso ter sonho sempre. E foi investindo em uma persona bem definida e fiel ao público-alvo que a Netflix fez das redes sociais o palco para seus shows de comunicação e estratégia.

Para conquistar a galera por aqui, o streaming investiu em uma comunicação inteligente, engraçada e cada vez mais próxima do consumidor. E querem saber o segredo? O posicionamento da marca não se restringe apenas ao mundo digital. Qualquer tipo de contato com a empresa segue a mesma linha de atendimento ao consumidor. Assumindo uma postura leve, divertida e antenada, a Netflix investe pesado no relacionamento próximo e amigo de seus clientes.

Conhecer bem seu público e saber aproveitar a imagem percebida da marca são alguns dos detalhes que fazem da Netflix uma Love Brand aqui no Brasil também.

giphy1

Nas redes sociais, a empresa sempre entra nas brincadeiras, usa e abusa dos memes e até assume como características de sua persona as piadas feitas constantemente sobre o streaming.

Por exemplo: é comum, entre os casais que combinam de assistir a uma série juntos, brincar que é “traição” assistir um episódio sem o companheiro.” E assim ela fez: vestiu todas as carapuças que o público atribuiu a ela e assumiu para sua persona a postura de “responsável pelas nossas noites mal dormidas” (para os viciados da madruga), de “inimiga dos estudos” (para os estudantes do  – só mais um episódio – ), entre outras brincadeiras feitas pelos usuários.

E a marca resolveu não só assumir essa postura de “destruidora de lares” (para os casais das maratonas), como fez disso um vídeo promocional ao resolver parodear uma atração famosa sobre o tema traição para brincar com o público e, consequentemente, viralizar. Se liga, só:

Outros exemplos de vídeos promocionais em que a Netflix aproveitou algum famoso que estivesse bombando no momento (Inês Brasil) ou que combinasse com algum elemento da narrativa (Xuxa), foram estes:

Em um dos vídeos mais recentes, o streaming fz uma paródia sobre as matérias investigativas do Fantástico para divulgar a nova funcionalidade de baixar os programas para assistir offline.

O “jeitinho Netflix” de conquistar a audiência brasileira consiste, basicamente, em uma comunicação jovem, divertida e focada no entretenimento. Tudo o que seu público é e quer consumir é transformado em uma maneira de promover a marca.

Essa sintonia entre o serviço oferecido, a expectativa do consumidor e a postura assumida pela empresa são o que fazem da Netflix esse sucesso de popularidade na internet. É o famoso HUE BR (vulgo, zoeira brasileira) ajudando as marcas a conquistarem o amor das pessoas. E se tem algo que nóis ama é a tal da zoeira, né? ❤

giphy
Como nóis tá agora

Fontes:
https://canaltech.com.br/noticia/netflix/base-de-usuarios-da-netflix-no-brasil-dobra-em-um-ano-empresa-planeja-expansao-89080/
http://www.explay.com.br/estrategias-de-marketing-digital-da-netflix/

Arte da capa: Aline Passos Silva.

Anúncios

2 comentários sobre “Netflix e a estratégia que conquistou o Brasil

  1. Boa noite, estou no ultimo semestre do Curso de Marketing na faculdade Anhembi Morumbi. Meu TCC fala sobre a Netflix e as estratégias utilizadas de Marketing Digital. Gostaria de colocar junto ao meu trabalho este artigo. Vocês autorizam? Caso sim, preciso do nome do autor(a). Qualquer dúvida me contatem pelo Face por favor?
    Fico no aguardo, obrigado.

    Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s